6 tendências de iluminação para 2020

Quando o tema é luz, estas tendências são inúmeras e elas sempre estão aliadas ao design e à tecnologia que se modernizam constantemente. Todas as peças contam com um desenho delicado e refinado, com as novidades sempre chegando na temporada europeia e depois aterrizando em solo brasileiro.

Para que você possa usar e abusar da iluminação na sua casa em sincronia com as apostas do novo ano, a arquiteta Nicole Gomes separou algumas dicas. Confira abaixo!

Casa inteligente
A casa inteligente é uma realidade – já está acontecendo! Aplicada em diversas residências e ambientes, esta tecnologia está cada vez mais real e acessível. E pode ter certeza de que em pouco tempo você também fará parte deste universo.

Uma tendência para os próximos anos são as lâmpadas inteligentes e controladas por aplicativo de celular, através das quais você pode mudar a cor da luz, dimerizar (controlar a intensidade da luz) , escolher a tonalidade do branco (isso é incrível) e até acender a luz antes de chegar em casa.

Tudo isso será possível fazer em uma única lâmpada e no mesmo aplicativo! Não é incrível? Já pensou uma lâmpada dessa em um quarto de criança? Ou em uma sala para fazer uma graça quando receber os amigos?

Iluminação clean
Outra tendência para 2020 e que vem forte é a iluminação “clean”, com alguns pontos no teto. Menos é mais nesse caso! Por isso, o projeto sempre deve ser executado em conjunto: ponto de luz no teto, abajures, luminárias de piso e marcenarias iluminadas.

Desse modo, é possível criar diversas possibilidades de acendimento com todos os pontos de luz ajudando na iluminação do ambiente.

Perfis e sistemas lineares
Os perfis lineares e ultra finos estão cada vez mais presentes na iluminação. Por serem sistemas versáteis, podem ser usados em diversos ambientes e situações, como em cozinhas, quartos, closet, lavabo e banheiros.

Luz indireta
A luz indireta, além de iluminar, acaba se tornando uma surpresa para a pessoa que entra no ambiente, pois não sabemos de onde vem a luz.

Nestes casos, a luminária fica em segundo plano e a luz vira a grande protagonista do ambiente. Além de deixar tudo muito aconchegante e acolhedor, esse tipo de iluminação é ideal para quartos e sala de TV, por exemplo.

Integração entre os ambientes
Hoje em dia as residências estão cada vez menores e a eliminação das paredes dos ambientes (descompartimentaçao) é uma tendência que vem muito forte para os próximos anos.

Para a iluminação, o senso de unidade e integração de todos os ambientes é cada vez inserido nos projetos. A dica é sempre pensar na casa como um todo e não em ambientes separados e desconexos.

Luminárias diferentes na cabeceira de cama
A bola da vez é usar luminárias diferentes na cabeceira da cama – um pendente e uma arandela ou um abajur e uma arandela e vice-versa.

A épica de fazer “parzinho” já foi. Porém, sempre temos que criar um sentido e uma conversa entre as peças. Por exemplo: um abajur preto e uma arandela preta; ou, se as duas peças têm cúpula, opte por usar o mesmo tecido ou o mesmo acabamento, para criar um sentido de unidade, mesmo que o modelo de luminária não seja o mesmo. O resultado é incrível!

Fonte: Casa.com.br